quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Visita à fábrica da Nestlé - Nescau cereal com perguntas e respostas

Recentemente visitei a fábrica de cereais da Nestlé e CPW. Foi um passeio riquíssimo, onde além de aprender mais sobre cereais matinais, também pude ver de perto toda linha de produção, maquinário e saber como realmente são feitos os produtos que trago para dentro da minha casa.
As imagens que ilustrarão esse post foram fornecidas pela própria Nestlé, pois por questões de segurança, não pudemos filmar, nem fotografar.
Comentarei abaixo delas e dividirei com vocês as informações que recebi.
No final do post, deixarei os contatos caso tenham perguntas.
Sei que muitas mães têm dúvidas e até mesmo receio quanto às informações que recebemos na imprensa, por médicos, nutricionistas e até mesmo de nossas amigas. Convido-as a ler tudo e refletirem para criarem sua própria opinião à respeito.

Visão da portaria da fábrica


Antes de mais nada, aprendemos teoricamente como é feito o cereal.

ilustração do processo

O maior diferencial é que a Nestlé é a única marca de cereais matinais brasileiros a usar o milho integral.


Pudemos conversar com o fornecedor de milho, que fornece para diversas outras empresas também. Ele explicou os componentes do milho e que a Nestlé usa ele todo, por isso é integral. Outras indústrias usam somente a "canjiquinha", sem a casca e o gérmen.
O Processo de fabricação começa com a trituração do grão do milho integral, formando uma farinha de milho integral, que mantém todos os nutrientes, inclusive as fibras.
A farinha de milho integral é mesclada aos ingredientes secos, como a semolina e uma pitada de sal. Essa mistura é transferida para um equipamento onde recebe os demais componentes, exceto a maior parte do açúcar e do cacau, os quais serão acrescentados somente na cobertura. 
O que forma é uma massa semelhante a de bolo.
A massa é "cortada" em bolinhas e em seguida encaminhada para o processo de secagem, onde se expande e ganha crocância, transformando-se na base de Nescau Cereal, ainda sem a aparência e sabor finais. Esta base é, então, polvilhada com açúcar, cacau e vitaminas, ganhando o sabor e aparência característicos do produto final.

Informações que constam no rótulo

A empresa entrou com um pedido junto à Anvisa, para que tenhamos uma legislação específica para integrais no Brasil. Hoje se um produto tiver apenas 1 ingrediente integral, não importa q quantidade, pode trazer no rótulo a palavra Integral.
Além disso, eles também estão com uma campanha para que os consumidores leiam os rótulos. 
Na imagem a seguir, ensinam como fazer essa leitura e como identificar onde ficam localizadas.




Agora mostrarei as imagens da parte interna da fábrica.



A primeira parte da fábrica é o onde ficam armazenados os sacos de milho. Eles são fornecidos pela empresa Milhão.




Os grãos vem inteiros.



O saco com milho é levado até o início da linha de produção. Esse processo é mecânico e operado por funcionários através de computadores.
Agora falarei pra vocês a minha opinião particular: eu acho praticamente impossível haver qualquer tipo de contaminação durante o processo. O ambiente é muito moderno, são pouquíssimas pessoas que têm acesso à essa parte da fábrica e as máquinas ficam no alto. 



As bolinhas antes de receberem a cobertura de cacau em pó.



Bolinhas já com a cobertura.
Bolinhas de Nescau Cereal já dentro dos sacos, embalados à vácuo, indo pela esteira até serem embaladas, mecanicamente, e pesadas.




 Vou deixar para vocês os contatos para onde poderão recorrer em caso de dúvidas:

SAC da Nestlé 0800-7702457
E-mail: falecom@nestle.com.br
www.nestle.com.br
CPW - fábrica - Rua Capitão Airton Araújo, 40, vila Galvão, Caçapava, SP cep: 12286-180
Telefone: (12)  3655-1013


Grande beijo,

Alyne



Postar um comentário