sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Manutenção de tapetes de Sisal.

Oi gente, tudo bem?
Hoje lavei meu tapete de sisal, que fica em frente à pia da minha cozinha.
O Sisal é uma fibra natural, bem resistente. Sua manutenção é bem fácil, precisando apenas ser aspirado com frequência para retirar a poeira. Demora um bom tempo para ficar sujo mesmo. 
O certo é evitar ao máximo lavá-lo. Limpar só onde cair alguma sujeira, rapidamente e pronto. Mas no meu caso, como ele fica na cozinha, acaba sendo inevitável lavá-lo de vez enquando.
Para lavar um tapete desse tipo, você precisa deixá-lo num local plano, porque ele deforma quando está molhado, já que as fibras ficam amolecidas.
Use somente água, detergente neutro e uma vassoura (ou escova). Esfregue na direção das fibras e coloque pouco detergente. Não precisa fazer muita espuma para limpá-lo, mas é preciso enxaguá-lo muito bem, porque ficam sujeiras entre as fibras.
Ele deve secar à sombra, em um local plano também e após estar bem seco, você deve deixá-lo uns 30 minutos no sol, para que as fibras voltem a ficar mais rígidas.
Se você não tiver espaço para lavá-lo e secá-lo bem esticadinho, o ideal é contratar uma empresa especializada nesse serviço, senão você poderá deformar, amolecer e perder seu tapete.


Esse é o meu tapete, antes de lavar.




Caso você precise limpar seu tapete, segue tabela com dicas de como retirar manchas ou sujeiras específicas:

1) Graxa e óleos – remova os excessos com uma faca e em seguida passe um pano branco e limpo com álcool a 92% de impureza;

2) Chocolate, leite e café – absorva o líquido com papel absorvente em cima e embaixo do tapete e, em seguida, passe um pano branco e limpo com álcool a 92% de impureza;

3) Vinho e outras bebidas – absorva o líquido em ambos os lados do tapete usando um pano seco ou papel absorvente sem esfregar e passe um pano branco com álcool caso a mancha persista;

4) Sangue – limpe a área afetada com pano branco e água oxigenada 10 volumes;

5) Cera e Vela – delicadamente raspe a cera com uma faca de ponta arredondada;

6) Frutas e molhos – retire os excessos com uma colher e passe um pano branco com álcool a 92%;

7) Tinta de caneta – passe um pano limpo e branco com álcool. A remoção só será possível se esta mancha provir de apenas riscos de caneta esferográfica;

8) Lama e barro – retire o excesso e passe uma escova seca. Persistindo, passe um pano com álcool;

9) Urina e suor – use somente pano branco acrescentando um pouco de detergente neutro. Por se tratar de líquido muito ácido, a urina é difícil de ser removida.

(fonte: apaebsisal.com.br)




Espero que ajude vocês que tem esse tipo de tapete em casa. É sempre bom sabermos a manutenção correta das nossas coisas, né?
Um grande abraço pra vocês, até o próximo post.

Alyne





Postar um comentário