quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Dona de casa do mês!! Com Kênia Vitaliano

Oi gente, tudo bom com vocês?
Esse mês inauguro a sessão: "Dona de casa do mês" e minha primeira entrevistada é a Kênia Vitaliano, mais conhecida como Aprenda na Cozinha.



A Kênia nasceu em Ribeirão Preto, é casada e mãe de um casal de gêmeos. É formada em Administração de empresas  e pós graduada em Marketing e Comunicação. Há 6 anos mora nos Estados Unidos, onde cuida sozinha de sua casa, dos filhos, do marido, da cachorra e também da sua loja virtual, a Come e Agacha Store. Fora isso tudo, ela ainda encontra tempo para cuidar do corpo e dar dicas de alimentação e vida saudável em seu blog e também em seu perfil no Instagram, que já tem mais de 154.000 seguidores.



Sua história como blogueira começou de forma despretensiosa, ela queria escrever no blog receitas para que seus filhos aprendessem conforme fossem crescendo. Mas em pouco tempo as pessoas foram se apaixonando pelo seu jeito simples, bem humorado e autêntico de ser. Criou a hashtag #comeeagacha que espalhou-se pela rede como sua marca, e um símbolo do equilíbrio que ela tem como estilo de vida. Não precisamos nos privar dos prazeres da vida, mas o exercício e a moderação devem fazer parte do nosso dia a dia.
Com vocês, a Kênia dona de casa:


Você é dona de casa e mãe de duas crianças. Você segue alguma rotina para executar as tarefas domésticas?

Eu deveria ter uma rotina para facilitar a minha vida, mas não tenho! Socorrrooooo!!! (risos) Vou fazendo conforme dá, porque também trabalho em casa e fica difícil. Tento encaixar as tarefas de casa conforme meu dia mesmo.




Você acha que é diferente ser dona de casa nos Estados Unidos? Sentiu alguma dificuldade ou facilidade por aí em relação ao Brasil?

Olha, aqui é tudo muito prático! Não se joga água nos chãos dos banheiros, por exemplo; Não lavamos cozinha com água e rodo como no Brasil. Para você ter uma idéia, meu piso na cozinha é de madeira. Só preciso varrer e passar um paninho com produto específico. Os quartos tem carpete, então basta usar somente o aspirador de pó.



Todos sabemos da sua preocupação em oferecer a melhor alimentação possível aos seus filhos. Você já tinha essa preocupação antes de ser mãe? Você já cozinhava antes deles nascerem?

Eu sempre gostei de cozinhar! Desde pequena sempre adorei assistir programas de culinária. Antes das crianças, eu também cozinhava, mas depois que eles nasceram comecei a me atentar mais aos alimentos para poder incluir os melhores nutrientes na alimentação deles.




Qual é a tarefa doméstica que você mais gosta de fazer? E qual não gosta?

Olha, pode mandar eu limpar banheiro, limpar cozinha…limpar eu gosto! Mas passar roupas, guardar roupas, não que eu não goste…mas acabo deixando acumular muita roupa e fico doidinha (risos). Coloco dobradas nos cestos para depois guardar, e elas ficam lá por dias (risos) enquanto eu tomo coragem para guardá-las.




Deixe uma mensagem para quem tem filhos pequenos e não tem ninguém para ajudar nas tarefas domésticas.

Mamães, eu acho que a prioridade são os filhos. Aproveitem cada fase deles, curtam muito e vão encaixando as tarefas domésticas na hora da soneca deles ou quando eles estiverem entretidos com algo. Serviço de casa nunca acaba! Você limpa agora e daqui 20 minutos está sujo e bagunçado de novo! E se você não der atenção para as crianças, você perderá uma fase que não voltará mais.
Aproveite as crianças! E se os seus forem grandinhos, peça para eles te ajudarem também. Eles podem recolher os brinquedos, guardar os sapatos, tudo vai depender da idade deles também. Mas o essencial é: filhos primeiro, casa depois!
                                                 
                                                            ***

Muito obrigada, Kênia, sei o quanto seu dia é corrido e parou para me responder!
Mês que vem tem mais "dona de casa do mês" pra vocês se inspirarem!
bjão

Alyne



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Como lidar com filhos que ficaram de recuperação escolar.

Nessa época do ano tem pais arrancando os cabelos por aí, né?! Acabou o quarto bimestre, filho não alcançou a média e acabou ficando de recuperação.
Férias adiadas, pais frustrados, criança insegura… é um turbilhão de coisas acontecendo ao mesmo tempo, e muitas vezes o que já está ruim, fica ainda pior.
Se você está passando por essa situação em sua casa, o primeiro passo é ter calma e agir com racionalidade. 
Uma das causas mais comuns dos alunos não alcançarem as médias escolares, é a falta de dedicação ao estudo. Muitas crianças não seguem uma rotina de estudos, acabam deixando acumular assuntos e depois não conseguem dar conta de todo conteúdo.
A solução para este caso, é estudar mais. Mesmo que o período para recuperação seja curto, é possível conseguir salvar o ano.
Não deixe a criança sozinha nesse momento. Supervisione seus estudos, ajude, e se não puder estar com seu filho nesse momento, procure alguém que possa ajudar, como um tutor ou professor particular.





Uma coisa que muitos pais não levam em consideração, é que cada criança tem um tempo próprio de maturação, de desenvolvimento, e pode acontecer de em algum momento do ano letivo ele simplesmente não ter conseguido acompanhar sua turma. 
Outros fatores também influenciam a vida acadêmica dos nossos filhos, como problemas familiares, não adaptação ao método de ensino do colégio, à didática do professor, e até mesmo a falta de interesse da criança com o ensino regular.
Através do diálogo e da observação, podemos como pais, identificar essas causas e ajudar nossos filhos a reencontrarem o caminho.
É importante que o aluno sinta que há um esforço efetivo para ajudá-lo. Isso aumenta sua  confiança em si mesmo e dá ânimo para continuar.


Se mesmo assim seu filho não conseguir recuperar as notas finais e ficar retido (reprovar de ano), o ideal não é puní-lo, humilhá-lo, mas sim conscientizá-lo de que a própria repetência é a punição. Uma vez que terá que rever todo conteúdo e não avançar junto com seus amigos para a série seguinte.
Para o próximo ano, comece desde o primeiro bimestre a orientar seu filho a manter uma rotina de estudos, fazer perguntas ao professor quando não entender a matéria, manter em dia os trabalhos solicitados, para que não precise correr atrás do prejuízo no final do ano.
Acompanhe diariamente o estudo dele. Pergunte ao seu filho como foi na escola, se entendeu toda matéria, se está gostando da turma, do professor, dos coleguinhas…interação entre pais e filhos faz muita diferença na vida escolar da criança. 
Caso você note alguma dificuldade, procure o quanto antes a coordenação da escola, para que seja sanada o mais rápido possível e não se torne algo maior nos próximos meses.
Com paciência, diálogo e muito amor, podemos ajudar nossos filhos a avançarem no aprendizado escolar. Conheça e respeite as habilidades e também as dificuldades que ele tem. Assim, o estudo se tornará algo prazeroso e parte integrante do seu dia a dia.

Um forte abraço,

Alyne




















quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Produtos de limpeza para o banheiro.

Oi gente, tudo bom?
Acabei de gravar um video pra vocês, mostrando os produtos de limpeza que uso nos banheiros.
A maioria das donas de casa ama um produtinho novo rsrsrs ver a despensa cheia de opções acaba virando uma mania.
O lado bom é que eles duram bastante, basta saber usá-los corretamente.
Variar e fazer boas misturas, fazem com que rendam muito!
Estes são os produtos que uso:


Não uso todos juntos. Alguns servem para uma parte específica e outros podem ser misturados ou tem múltiplas funções.
Seja qual for a sua escolha, use com moderação e faça seu serviço com amor. Assim tudo ficará limpo e  sua família irá usufruir de um ambiente mais acolhedor.

Link para o vídeo:


Um grande beijo,

Alyne

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Manutenção de tapetes de Sisal.

Oi gente, tudo bem?
Hoje lavei meu tapete de sisal, que fica em frente à pia da minha cozinha.
O Sisal é uma fibra natural, bem resistente. Sua manutenção é bem fácil, precisando apenas ser aspirado com frequência para retirar a poeira. Demora um bom tempo para ficar sujo mesmo. 
O certo é evitar ao máximo lavá-lo. Limpar só onde cair alguma sujeira, rapidamente e pronto. Mas no meu caso, como ele fica na cozinha, acaba sendo inevitável lavá-lo de vez enquando.
Para lavar um tapete desse tipo, você precisa deixá-lo num local plano, porque ele deforma quando está molhado, já que as fibras ficam amolecidas.
Use somente água, detergente neutro e uma vassoura (ou escova). Esfregue na direção das fibras e coloque pouco detergente. Não precisa fazer muita espuma para limpá-lo, mas é preciso enxaguá-lo muito bem, porque ficam sujeiras entre as fibras.
Ele deve secar à sombra, em um local plano também e após estar bem seco, você deve deixá-lo uns 30 minutos no sol, para que as fibras voltem a ficar mais rígidas.
Se você não tiver espaço para lavá-lo e secá-lo bem esticadinho, o ideal é contratar uma empresa especializada nesse serviço, senão você poderá deformar, amolecer e perder seu tapete.


Esse é o meu tapete, antes de lavar.




Caso você precise limpar seu tapete, segue tabela com dicas de como retirar manchas ou sujeiras específicas:

1) Graxa e óleos – remova os excessos com uma faca e em seguida passe um pano branco e limpo com álcool a 92% de impureza;

2) Chocolate, leite e café – absorva o líquido com papel absorvente em cima e embaixo do tapete e, em seguida, passe um pano branco e limpo com álcool a 92% de impureza;

3) Vinho e outras bebidas – absorva o líquido em ambos os lados do tapete usando um pano seco ou papel absorvente sem esfregar e passe um pano branco com álcool caso a mancha persista;

4) Sangue – limpe a área afetada com pano branco e água oxigenada 10 volumes;

5) Cera e Vela – delicadamente raspe a cera com uma faca de ponta arredondada;

6) Frutas e molhos – retire os excessos com uma colher e passe um pano branco com álcool a 92%;

7) Tinta de caneta – passe um pano limpo e branco com álcool. A remoção só será possível se esta mancha provir de apenas riscos de caneta esferográfica;

8) Lama e barro – retire o excesso e passe uma escova seca. Persistindo, passe um pano com álcool;

9) Urina e suor – use somente pano branco acrescentando um pouco de detergente neutro. Por se tratar de líquido muito ácido, a urina é difícil de ser removida.

(fonte: apaebsisal.com.br)




Espero que ajude vocês que tem esse tipo de tapete em casa. É sempre bom sabermos a manutenção correta das nossas coisas, né?
Um grande abraço pra vocês, até o próximo post.

Alyne





terça-feira, 18 de novembro de 2014

Minha primeira dica!

Oi gente, tudo bom com vocês?
A maioria das blogueiras começa com um blog, depois vai para as redes sociais, né? Já eu, fiz o caminho inverso: vim do Instagram pra cá e há um mês criei a Fanpage no Facebook também.
Foi assim porque eu não esperava encontrar tanta gente legal e interessante no meu caminho, gostando e seguindo as coisas que eu posto.
Hoje vim postar aqui a primeira dica que dei no meu perfil do Instagram: Como tirar as manchas de gordura e restos de sabão do box do banheiro.

A dica é simples e funciona mesmo! Já faço há anos! Aqui em casa tenho 3 banheiros, sendo que 2 tem box blindex. Moro aqui há mais de 6 anos e não tem uma manchinha sequer em nenhum deles.
Você só precisa de 1 ajudante: esponja de lã de aço, mais conhecida como Bombril.

Funciona assim. Você não deve limpar o box molhado, após o banho por exemplo. Espere ele estar totalmente seco pra você limpar.
Pegue 1 esponja de lã de aço (bombril) e passe em todo o box, onde estiverem as manchas, marcas de gordura, respingos d'água, de shampoo, etc.
O bombril também deve estar seco! Pegue uma unidade da embalagem e pronto!
Não precisa esfregar com força e não precisa colocar nenhum produto de limpeza!!!
Só o bombril seco no box seco!

O que acontece?
Toda sujeira e gordura, vai aderindo (grudando) à esponja de lã de aço e o vidro vai ficando limpinho e transparente. Se precisar, vire a esponja ou pegue outra, caso tenha muita sujeira. Porque ele vai ficando branco, com uma "capa" de gordura nele e perde o efeito.

Após fazer isso, enxague bem, inclusive os rejuntes abaixo do box, porque fiapos da lã se soltam e se ficarem ali, irão enferrujar e manchar seu piso.
Não é preciso fazer mais nada! Mas, se você quiser, pode passar limpa vidros ou removedor, para retardar o acumulo de novas substâncias nele.
Podem fazer e ver a diferença! Sem produtos caros ou químicas fortes, seu box nunca mais ficará manchado.


Um beijo pra vocês e até o próximo post!!

Alyne



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Receita de Torta de Limão

Oi gente!!
Vim compartilhar com vocês, a minha receita de torta de limão que sempre faz sucesso!
É fácil de fazer, fica bonita e é uma ótima sugestão de sobremesa para qualquer ocasião.
Vou dividir em 3 partes: massa, recheio e cobertura. Com fotos e bem explicadinho pra todo mundo conseguir fazer.
Vamos lá:




Passo a passo da massa



Massa:

Ingredientes:   1 pacote de bolacha tipo Maizena
                        3 colheres de sopa rasas de manteiga ou margarina.


Modo de fazer
Bata a bolacha num liqüidificador ou processador (se você não tiver, pode ir quebrando bem com as mãos) até virar como uma farinha. Se precisar, você pode peneirar para não ficar nenhum carocinho, caso não tenha utensílio doméstico para te ajudar a triturar. 
Despeje a bolacha dentro de um refratário, adicione a manteiga, que deve estar em temperatura ambiente, e amasse com as mãos até formar uma farofa úmida. Depois você vai ajeitando com os dedos mesmo, até forrar todo o recipiente e dar o formato da base da torta. Faça uns furinhos com um garfo, leve ao forno baixo (180 graus) por pelo menos 5 minutos para que ela asse. Vá olhando até ficar da cor que você prefere, eu deixei a minha 7 minutos.

* Essa massa é base para qualquer outra torta doce que você queira fazer. Basta trocar o recheio e você poderá fazer diversas sobremesas!


Passo a passo do recheio.






Recheio: Mousse de Limão




Ingredientes: 2 latas de leite condensado
                    200 ml de suco puro de limão (limão espremido, sem água, nem açúcar)


Modo de fazer: Bata todos os ingredientes no liqüidificador ou misture numa vasilha com ajuda de uma colher. Já fiz assim e dá certo. O limão reage com o leite condensado e automaticamente vai endurecendo. Não precisa adicionar nada, por exemplo, gelatina.
Coloque a mousse sobre a massa que você já assou e leve à geladeira, enquanto você faz a cobertura.


passo a passo da cobertura.

Cobertura de Marshmallow:

Ingredientes: 2 claras de ovo


                    1 copo de açúcar
                     1/2 copo com água


Modo de fazer:

Leve o açúcar e a água para ferver dentro de uma panela. Repare pela foto que a mistura mudará de cor. Deixe ferver até ficar em ponto de fio, que é quando você pega um pouco com a colher, deixa cair e fica um fio (meio puxa-puxa).
Enquanto a calda ferve, você vai batendo as claras de ovo até ficarem em ponto de neve bem firme.
Quando a calda estiver no ponto certo, vá colocando aos poucos junto com as claras, batendo sempre, até que tenha incorporado toda calda e a tigela esfrie (como a calda está quente, a vasilha com as claras esquentará, bata até ela esfriar). Quando ele estiver pronto, ficará brilhante e liso.
Vá colocando o marshmallow delicadamente sobre a mousse, ajeitando com uma colher para ficar bonito. Finalize com raspas de limão.

Torta pronta, inteira.



Esse refratário que usei tem 25 cm de diâmetro. A receita serve para fôrmas desse tamanho. Se a sua for maior ou menos, faça a adequação das medidas, para mais ou para menos.

Fatia da torta.

Espero que gostem e experimentem em suas casas.
Um abraço e até a próxima!

Alyne







terça-feira, 4 de novembro de 2014

Alimentos termogênicos que ajudam a emagrecer.

Oi gente, tudo bom com vocês?
Hoje vim falar um pouquinho sobre os alimentos termogênicos. Eles são ótimos aliados pra quem está querendo eliminar uns quilinhos!!
Mas afinal, o que esse nome significa? 
Termogênicos são alimentos que aumentam a temperatura do corpo, aceleram o metabolismo e auxiliam na queima de gordura. Quando a gente ingere um desses alimentos, obrigamos nosso corpo a trabalhar mais, aumentando assim o gasto calórico. E se queimamos mais calorias, como consequência perderemos peso.
Claro que todos sabemos que a equação só funciona quando a quantidade de calorias consumida é menor do que a gasta, né? Não é pra sair por aí comendo tudo que vê pela frente, só porque está ingerindo alimentos termogênicos. Aí não funciona. 
Quem quer emagrecer tem que controlar a alimentação e fazer uma dieta equilibrada. Para isso é fundamental você consultar um médico ou um nutricionista, que são os profissionais habilitados para te ajudar nesse processo.
Vou listar abaixo, 7 alimentos que fazem parte desse grupo do bem, que te ajudarão bastante:


1 - Pimenta Vermelha




A pimenta vermelha é rica em Capsaicina, que acelera em até 20% o nosso metabolismo. Você pode usá-la em molhos, saladas, pratos quentes, etc. A quantidade diária indicada é de 3 gramas. Um pedacinho só já basta, ok? Nada de encher a boca com pimenta pra emagrecer.






2 - Chá Verde




O Chá Verde tem a capacidade de fazer o corpo utilizar sua própria gordura como fonte de energia, acelerando o metabolismo.
Ele não deve ser tomado à noite, porque algumas pessoas sentem insônia. E a quantidade máxima por dia são 5 xícaras.








3 - Canela





A Canela possui um alto teor de cálcio mineral, uma substância muito importante para o emagrecimento. Além disso, ela aumenta o metabolismo basal. Pode ser usada de variadas maneiras. Usada em chás, com frutas, etc. O sabor dessa especiaria é único. 











4 - Gengibre
O Gengibre é muito utilizado no Brasil nas festas juninas, né?  No tradicional "Quentão". E o nome da bebida faz jus à essa raiz, porque ele esquenta mesmo!rsrs Ele aumenta o nosso metabolismo e o gasto calórico em até 10%! Seu gosto é forte e marcante. Se você não está acostumado, vá aos poucos, com pedacinhos pequenos. A quantidade máxima por dia são 2 rodelas finas. Ele pode ser usado em chás, sucos, para temperar carnes, etc.





5 - Chá de Hibisco




O Chá de Hibisco também é ótimo para acelerar o metabolismo e aumentar a temperatura do corpo durante a digestão. Ele é feito com uma flor super conhecida aqui no Brasil, e fora essa capacidade de auxiliar no emagrecimento, ainda possui muitos outros benefícios para a saúde.
Esse ainda não conhecia, mas vou atrás!rsrs O ideal é consumir 1 litro de chá por dia, para sentir o efeito.





6 - Alimentos com Ômega 3








Essa substância está presente em diversos alimentos. Principalmente nos peixes como Salmão e Atum, e também nas Oleaginosas (nozes e castanhas).
Esses alimentos são ótimos para nosso metabolismo. Além de acelerar a queima de calorias, também ajudam no processo de comunicação das células. Pra quem sofre com retenção de líquidos é maravilhoso!








7 - Água Gelada







Essa virou minha queridinha!! Tomar água gelada faz com que seu corpo precise trabalhar mais para voltar à temperatura normal do corpo ( entre 36 e 37 graus). Isso aumenta o gasto calórico!! Segundo nutricionistas, se tomarmos pelo menos 8 copos de água gelada por dia, podemos queimar até 200 calorias, só bebendo água!!










Espero que vocês tenham aprendido tanto quanto eu hoje! Foi muito bom pra mim fazer essa pesquisa e descobrir aliados tão maravilhosos e acessíveis.
Um grande abraço pra vocês e vamos acelerar nossos metabolismos!!

Alyne

domingo, 26 de outubro de 2014

SER MÃE

Ser mãe é algo que só quem é mãe pode entender, vai além de tudo que eu possa descrever.

Ser mãe é ver o corpo se transformar, sentir algo mexer dentro da gente, a barriga crescer, as prioridades mudarem.

Ser mãe é ficar feliz com os seios triplicando de tamanho, porque isso é sinal que teremos leite para alimentar o nosso bebê; Ser mãe é também ver o leite secar, sentir muita dor e ter que desistir da amamentação e partir pra mamadeira.

Ser mãe é chorar de alegria por conseguir trazer ao mundo um ser que cresceu dentro de nós por 9 meses; é sentir orgulho de si mesma por conseguir ter um parto normal, mas também é agradecer à Deus pela invenção da cesárea, pois sem ela o filho não conseguiria nascer a tempo.

Ser mãe é dormir pouco, mesmo que o filho durma a noite toda, porque de hora em hora a gente levanta pra ver se está tudo bem; mas também é ficar torcendo pra ele dormir muito, porque estamos sem força pra levantar mais uma vez.

Ser mãe é aprender a identificar o choro, aprender o tipo de balanço que mais agrada o bebê no seu colo, é criar uma posição perfeita para colocá-lo no berço sem que ele acorde.

Ser mãe é aprender a cozinhar as melhores papinhas, fazendo combinações nunca antes experimentadas, mas também é render-se às papinhas industrializadas quando não tiver outro jeito.

Ser mãe é aprender a ouvir calada todas as sugestões das outras mães, parentes e amigas; mas também é mandar todo mundo cuidar da sua vida e não fazer nada do que sugerem.
Ser mãe é ensinar tudo que a gente sabe, mas é também aprender tudo que não sabemos para poder ensinar.

Ser mãe é não ter tempo para as coisas que antes eram essenciais. É passar o dia de pijama, sem conseguir escovar os dentes, comendo restos dos filhos. Ser mãe também é contratar uma babá ou pedir ajuda das avós para poder ir ao cabeleireiro, à academia ou simplesmente sair com o marido.

Ser mãe é usar o banheiro com a porta aberta, é tomar banho de 2 minutos, é não ter nojo de limpar vômito e cocô várias vezes ao dia. Mas ser mãe é também pedir que o marido limpe tudo e trancar-se no banheiro para conseguir tomar um banho decente.
Ser mãe é ver os filhos crescendo, aprender a andar, a correr. É ficar na expectativa pela primeira palavra, mas também é querer que o filho fique quieto porque não aguenta mais ouvir tanta falação.

Ser mãe é ficar escondida na frente da escolinha do filho, chorando e se perguntando porque seu bebê está crescendo. Mas é também dar graças a Deus porque agora terá 4h livres por dia para fazer outras coisas.

Ser mãe é virar líder de torcida, é competir com outras mães para ver quem tem o filho mais lindo, mais inteligente. Mas também é ensinar que o que vale é competir, que todos são vencedores.

Ser mãe é ter que falar sobre assuntos constrangedores, responder  às perguntas mais embaraçosas na frente de qualquer um. Mas ser mãe é também pedir ajuda ao pediatra, à professora, à psicóloga.

Ser mãe é aprender a dividir, a ficar em segundo plano, a cuidar de tudo, a adivinhar desejos e pensamentos, a realizar sonhos, a ler contos de fadas, a ir ao cinema somente para ver filmes infantis, a não ter tempo para fazer programas de adulto. Ser mãe também é dar conta de tudo, administrar o tempo para conciliar filhos, marido e trabalho. A lutar por uma boa colocação no mercado de trabalho, é ter que deixar os filhos o dia todo numa creche porque precisa trabalhar para sustentá-los.

Ser mãe é aprender que não existe fórmula mágica para nada, que o que funciona para uma, não funciona para outra.

Ser mãe é escrever a sua própria história, é seguir seu instinto materno, é decidir qual o melhor caminho a seguir.

Ser mãe é uma experiência única, não importa quantos filhos você tiver, você é uma só.
Ser mãe é olhar pra trás e se arrepender de algo, mas também é sentir um super orgulho de si mesma, por ver que valeu e vale à pena todo sacrifício feito.

Ser mãe é sentir o amor maior do mundo, é ser capaz de doar-se, de dar o melhor de si, mesmo quando nosso tudo parece não ser o suficiente.

Ser mãe é ver que em breve os filhos irão embora, seguirão seus próprios caminhos independente das nossas vontades. É respeitar a decisão dos filhos e ficar ao lado deles pra tudo. Mesmo quando isso doer em nós.

Ser mãe é o ofício de uma vida, é a maior entrega de todas. 

Ser mãe é algo que só quem é mãe pode entender, vai além de tudo que eu possa descrever.

Eu e meus filhos, 17/03/2007.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Orçamento doméstico

Oi gente, tudo bem?
Uma das tarefas que em muitas famílias fica à cargo das donas de casa, é o orçamento doméstico.
Isso inclui efetuar os pagamentos das contas, arquivá-las, calcular quanto dinheiro pode ser gasto em cada coisa, planejar os gastos futuros, poupar para emergências e/ou lazer, fazer as compras de alimentos, roupas e afins para toda família, enfim, uma espécie de "gerente" financeira.
Aqui em casa é assim desde que nos casamos. Meu marido trabalha fora e é o responsável por trazer os recursos financeiros; eu trabalho em casa, cuidando dos filhos, serviços domésticos e administrando nosso dinheiro. Cada casal deve decidir junto o que funciona melhor para si, o ideal é que o dinheiro fique sempre com a parte menos "gastona"rsrsrs senão fica mais difícil manter o equilíbrio entre o que entra e o que sái.
Para quem não tem noção nenhuma de administração, um livro muito bom que já lemos há bastante tempo é este:





Ele é bem esclarecedor, traz muitas dicas sobre como poupar, fazer planilhas, planejamento para fazer render mais o nosso dinheiro, evitando assim que o casal enfrente dificuldades financeiras recorrentes, que causam muitas brigas e até separações. O autor tem um site para tirar algumas dúvidas e dar algumas dicas também: www.maisdinheiro.com.br

Aprender a lidar com o dinheiro de uma maneira saudável não é tão difícil quanto parece. É preciso força de vontade e foco, como tudo nessa vida. Sugiro que comecem anotando tudo que gastam. Existem planilhas prontas gratuitas pela internet, basta pesquisar sobre isso no Google. Mas pra quem não está nada familiarizada com organização, anotar num caderninho já ajuda muito!
  1. Escreva de um lado as contas Fixas (de consumo ou que é sempre o mesmo valor): água, luz, telefone, aluguel, escola, convênio, etc; 
  2. Depois, anote as Variáveis (que gastamos todos os meses, mas o valor varia): supermercado, gasolina, etc; 
  3. E então as Extras (que não gastamos sempre): restaurante, lazer, presentes, etc.


Depois escreva quanto dinheiro entra. Se tiver um salário fixo é mais fácil, mas se receber comissões, extras, aluguéis, qualquer coisa, anote tudo. 
O próximo passo é somar as duas partes e depois subtrair o que sái (despesas) do que entra (renda familiar).
Assim vocês descobrirão se estão gastando dentro do possível ou acumulando dívidas.
Se o dinheiro estiver sobrando, é hora de pensar em aplicá-lo, de início o melhor é a poupança. Vão juntando o que sobrar todo mês e depois decidam o que fazer com ele: comprar uma casa, um carro, fazer uma viagem, etc.
Se o dinheiro estiver faltando, é hora de verificar quais despesas podem ser cortadas e/ou diminuídas. Pra isso é necessário uma conversa franca, para decidirem juntos o que funcionará melhor pra família de vocês. Mas o que ninguém merece é viver devendo, viver com a "corda no pescoço", né? Vale a pena fazer sacrifícios pela saúde financeira da família.
Atualmente estou usando um app (aplicativo) para Iphone chamado: Orçamento Inteligente 2. Ele só está disponível para aparelhos da Apple. Para mim está sendo muito útil, substitui o caderninho, e tenho sempre à mão. Se seu aparelho for compatível, vale a pena experimentar:


Não deixe esse assunto para depois. O quanto antes fizerem o planejamento, mais cedo verão os resultados aparecerem.
O dinheiro precisa estar a seu favor e não contra. Não vale a pena ficar estressado, angustiado, viver devendo, passando vergonha. Todos nós enfrentamos momentos ruins na vida. Desemprego, doenças inesperadas que geram gastos extras, separações,acidentes, enfim, coisas que afetam a renda familiar. Mas para tudo há uma solução. Se você está muito endividado, não é da noite pro dia que elas acabarão, mas se não fizer nada, não acabarão nunca! Dê um passo de cada vez e logo será economicamente saudável e poderá realizar seus sonhos de consumo com responsabilidade.
Boa sorte!
Um abraço,

Alyne







sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Bolo de Milho Cremoso

Oi, gente! Tudo bom com vocês?
Hoje fiz um bolo que eu gosto muito!! Já postei a receita há algum tempo no Instagram, mas resolvi postar aqui também.
É um bolo de milho super fácil e que fica delicioso!





Ingredientes:

1 lata de milho verde (sem a água);
1 lata de leite condensado;
1 pacote de coco ralado;
1 colher de margarina;
4 ovos;
1 colher cheia de fermento.

Modo de fazer:

Coloque todos os ingredientes, menos o fermento,  no liqüidificador. Bata entre 3 e 5 minutos, depende do seu gosto. Eu bato 5 minutos, ele fica com pedacinhos pequenos de milho, se bater 3 ficará com pedaços maiores. Por último coloque o fermento e bata pouquinho, só pra misturar.
Coloque em uma fôrma untada e enfarinhada, leve ao forno 180 graus e deixar por uns 30 minutinhos.




Notas:
  • Esse bolo não leva farinha, portanto Não Contém Glúten, pode ser consumido por celíacos.
  • Sua consistência é quase como a de um pudim. 
  • Não use uma assadeira grande, senão ele ficará muito baixo, pois não cresce muito. Prefira uma menor.
  • Assim que ele dourar, já pode tirar do forno, não espere assar demais, senão ele pode ficar seco.


Experimentem! Espero que gostem!
Beijos,
Alyne

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Me aventurando no Youtube.

Oi gente! Tudo bom com vocês?
Mesmo com toda vergonha do mundo, resolvi encarar o desafio e criar um canal no Youtube.
Meu objetivo é, assim como aqui no blog, complementar meu perfil do Instagram. Aqui eu posso escrever mais, e nos vídeos posso falar mais e demonstrar algumas dicas, facilitando o entendimento de todos.
Não sou profissional, não entendo muito ainda, mas aos poucos vou aprendendo e melhorando.
Espero que vocês gostem e me acompanhem.
Um grande beijo,
Alyne



quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Porque reagimos diferente ao sofrimento?

Essa é uma pergunta que sempre me intrigou. Porque não sofremos igual?
Porque cada pessoa reage de um jeito diferente, mesmo quando parece que o problema é igual? Ou também, porque uns aguentam tanto e outros sucumbem ao primeiro desafio?
A resposta mais óbvia é porque todos somos diferentes. Claro, eu sei que somos. Mas só isso não preenche as lacunas do meu questionamento.
Se todos somos dotados de uma infinidade de talentos, capacidades, dons, porque alguns simplesmente parecem ignorar essas coisas e desistir?
Eu não sou psicóloga, psiquiatra, nem Dra em nada. Mas eu gosto de gente. Gosto de observar as pessoas e tentar imaginar o que pensam, sentem, porque escolhem esse ou aquele caminho.
E hoje estou num desses dias de reflexão.
Havia uma cantora que eu gostava muito, admirava demais e também adoraria cantar como ela: Whitney Houston. Dificilmente alguém da minha geração, não se "esgoelou" (rsrs) pelo menos uma vez na vida, tentando cantar I will always love you - seu maior sucesso.
Pela televisão a gente via uma mulher forte, bonita, com um talento indiscutível! Com o tempo foram surgindo notícias ruins sobre ela, envolvendo drogas, álcool, brigas públicas com o marido, internações...parecia que era o fim. Mas ela decidiu se reerguer, separou-se do marido, gravou um disco lindo, e voltou a fazer um enorme sucesso. Uma linda história de superação e vitória parecia estar sendo escrita. Até que veio a notícia de sua morte. A causa oficial foi afogamento acidental, mas muitos especulam que tenha sido causada por consumo de cocaína.
Aí eu me pergunto: porquê? Porque alguém tão admirada, com tanto sucesso, fama, dinheiro, não consegue lidar com seu sofrimento interno?
A resposta que eu encontro para essa pergunta é: falta Deus.
Nossa vida é cheia de desafios, incertezas, lutas, e por mais que tenhamos talentos, meios físicos ou econômicos que parecem ser capazes de resolver tudo, não são! 
Chega uma hora que nossa força desaparece, as coisas tomam proporções e caminhos que não sabemos mais o que fazer, e é nessa hora que Deus entra. Quando não há mais saída, mais forças pra lutar, mais amigos em quem nos apoiarmos e tudo está se perdendo.
Deus entra e nos resgata de nós mesmos, das ciladas que escolhemos cair.
Se é isso, porque sofremos tanto?
É porque somos orgulhosos, não queremos assumir que nosso Tudo não é Nada! Que somos totalmente dependentes de um poder superior, e que longe Dele nada de bom pode existir.
É a distância de Deus que leva o homem às drogas, ao crime, à depressão, à falência e muitos ao suicídio.
Então a resposta pras minhas perguntas do primeiro parágrafo ficam claras. Reagimos diferente ao sofrimento porque uns escolhem deixar tudo nas mãos de Deus e confiar, e outros decidem ser seus próprios guias. Uns entendem que nesse mundo teremos aflição (João 16:33) mas não estamos sozinhos, outros decidem viver dando "murro em ponta de faca".
Há muitos mistérios, muitas coisas que não explicamos, que não entendemos, mas eu prefiro, na dúvida, não tentar resolver nada do meu jeito, quando tudo aperta eu clamo à Deus e peço Seu socorro.
Não importa a placa da igreja que você vai, ou se não vai em nenhum templo, o que importa é o seu relacionamento com Deus. Isso é entre vocês dois, independe de qualquer outra coisa! Experimenta confiar. Faça um teste! Diga: Cansei, Senhor! Não sei mais o que fazer, preciso de Ti! E creia que tudo vai se transformar em sua vida. 
Um grande abraço pra vocês!! E fiquem com essa linda canção.




segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Usando Vinagre na lavanderia.

Oi gente! Tudo bom com vocês?
Muitas pessoas sabem dos benefícios do vinagre para temperar saladas e afins, né?
Mas hoje resolvi falar sobre como usá-lo na lavanderia. E não é na limpeza não, é nas roupas mesmo!!
Hoje eu testei substituindo o amaciante de roupas, e funciona mesmo! As roupas ficaram super macias! A diferença é o perfume, claro, mas não fica com cheiro de vinagre não, só não fica perfumada como amaciante. Mas numa hora de aperto, quando acabou o amaciante, alguém da casa tem alergia ou estamos sem grana pra comprar, vale muito à pena!



Eu testei em roupas pretas, e não havia muitas, então usei essa medida. Mas se sua máquina estiver cheia, use um copo todo.
Fora amaciar as roupas, existem outras utilidades para o vinagre:
  • Para evitar o desbotamento da cor - adicione uma xicara de vinagre na hora de lavar roupas coloridas;



  • Para branquear roupas encardidas - Misture 1 xicara de vinagre com 5 xic de água, ferva tudo, coloque num balde e deixe as roupas de molho de um dia para o outro. Após isso, só lavá-las normalmente;



  • Tirar cheiro de mofo das roupas - Deixe-as de molho numa mistura de água com vinagre por 60 minutos;



  • Para tirar maus odores das roupas - Adicione 1 xic de vinagre junto com o sabão;



  • Para remover manchas antigas - Misture 3 cs de vinagre + 2 cs de detergente. Esfregue sobre a mancha e deixe 30 minutos em repouso. Enxágue e lave normalmente;



  • Para evitar que roupas novas soltem a cor - Mergulhe-as numa vasilha com vinagre puro por 10 minutos. 




Lembrando que trata-se do Vinagre Branco, de álcool, porque esse não deixa cheiro e nem tem cor. ok?!
Um beijo grande e até a próxima!!

Alyne