sexta-feira, 22 de julho de 2016

Voltando a estudar

Oi gente!
Recebi tantas perguntas sobre como voltar a estudar depois de ter filhos, depois dos 30, sobre como conciliar os horários, enfim, muitas dúvidas mesmo. Então resolvi reunir todas as respostas num único post. Espero que ajude!!
Antes de mais nada, você precisa tomar a decisão de fazer mudanças em sua vida. Afinal, estudar requer dedicação, tempo e até algum investimento financeiro.
A partir do momento que você estiver certa disso, tá na hora de começar a pesquisar.
Comece se perguntando o que gostaria realmente de aprender.

imagem do Google

Quando concluímos o ensino médio, ainda somos muito jovens, nem todas estamos preparadas realmente para escolher a profissão que teremos pelo resto da vida.
Some-se a isto, as responsabilidades que adquirimos após o casamento, após a maternidade e até as mudanças naturais que a maturidade traz pra gente.
Então já que você quer voltar a estudar, que tal escolher algo que realmente irá lhe completar nessa altura da vida?

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Alternativa de tratamento para Epilepsia em bebês e crianças.

 Epilepsia resistente a remédios é um desafio para mães de pequenos portadores.
O lançamento no Brasil, de um dispositivo que estimula nervo é eficaz e seguro em crianças e pode ser alternativa quando a doença não responde aos medicamentos.

Qualquer mãe sabe que não pode deixar a febre da criança subir por risco de convulsões e tem muito medo disso acontecer. Pode-se imaginar então o drama de quem tem filhos que sofrem de epilepsia, distúrbio em que a atividade cerebral sofre panes recorrentes, provocando crises periódicas. Há crises em que a pessoa perde a consciência e cai, apagando por alguns minutos. Mas há também crises mais sutis, que deixam o paciente ausente, fora do ar por alguns momentos, ou com movimentos descontrolados nos membros. Uma crise convulsiva pode impressionar e a falta de informação atrapalha o diagnóstico e consequentemente o tratamento correto.

Algumas doenças, pancadas ou infecções podem provocar crises convulsivas. Mas isso não quer dizer que o indivíduo seja portador de epilepsia. De acordo com a neurologista e epileptologista Dra. Andrea Julião de Oliveira, quem tem epilepsia apresenta uma alteração própria do funcionamento do cérebro que pode ter por diversas causas. “As crises geralmente ocorrem sem aviso prévio e sem tempo para que a pessoa possa se proteger ou ser protegida”, diz a especialista.

O problema de quem convive de perto com a doença é justamente não saber quando a convulsão pode acontecer – e como se comportar diante de alguém em crise. Para as mães de crianças com epilepsia, é especialmente difícil. Além de lidar com a questão do diagnóstico de uma doença para a vida toda, muitas vezes os tratamentos disponíveis não dão conta de controlar as crises adequadamente.

Como não há cura, o tratamento visa a diminuir os episódios. A primeira opção são os medicamentos, mas uma parcela dos pacientes não responde bem a eles ou tem efeitos colaterais inaceitáveis. “Nesses casos, a terapia VNS é uma boa alternativa para ser acrescentada ao tratamento. Trata-se de um dispositivo capaz de estimular o nervo vago, que passa pelo pescoço, enviando sinais ao cérebro para diminuir as crises e melhorar a qualidade de vida. Ele é implantado sob a pele, abaixo da clavícula, num procedimento cirúrgico simples, que traz poucos desconfortos”, explica a médica.

Estudos mostram uma melhora significativa tanto no controle das crises quanto em vários aspectos. Dra. Andrea ainda completa que para os pequenos, isso garante um ganho enorme na qualidade de vida em geral, como melhora da depressão, do humor, além da atenção e capacidade de realizar tarefas na escola. Outros aspectos, como linguagem, memória e aprendizado, também saem ganhando. Para as mães, significa o alívio de encontrar uma opção para viverem melhor.


quinta-feira, 14 de julho de 2016

Lugares para conhecer: Restaurante Zucco

Pensando num lugar maravilhoso para ir com o parceiro, a família ou amigos? A minha sugestão é o Restaurante Zucco.



O Zucco une a tradição da cozinha italiana com opções de leitura mais moderna. 

Charme até no couvert

Massas preparadas artesanalmente, ingredientes de primeira linha, cardápio informativo e serviço sofisticado compõem a aura de bom gosto que envolve o local. 

Polenta cremosa con ragu di coda

A variedade é tanta, que você sentirá vontade de voltar várias vezes, para provar um pouco de tudo!

Carrè di Vitello con burro al tartufo bianco

Os preços são acessíveis, há opções para todos os bolsos e paladares.

Medaglione al brie e marsala

Cada prato é preparado com muito capricho e você sente o cuidado da equipe desde o momento em que chega ao restaurante. Aquela aura de Comfort Food, sabe? Bom demais!


As sobremesas também são apaixonantes!

Não deixem de conhecer:

Zucco Jardins
Rua Haddock Lobo, 1.416, Jardim Paulista
Telefone: (11) 3897 0666

Zucco Morumbi Shopping
Av. Roque Petroni Júnior, 1089, Morumbi - Piso Lazer / Área Gourmet
Telefone: (11) 5181 1092

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Lugares para conhecer: Santa Clara Eco Resort

No final do mês passado, passamos 3 dias no Santa Clara Eco Resort.
Um hotel maravilhoso, na cidade de Dourado, interior de São Paulo.
A viagem é tranquila, a estrada excelente e o percurso dura menos de 3h.
Mostrei todos os detalhes da nossa estadia no Instagram, Facebook e também no Snapchat. Mas agora venho inundar vocês com fotos deste paraíso!!
Na minha opinião, quero ressaltar 3 itens que diferenciam o Santa Clara:

1- Excelentes acomodações - são chalés e apartamentos modernos, totalmente equipados, mas mantendo aquele ar campestre na decoração.
Nosso quarto era o apartamento Standart, com uma cama king size e duas de solteiro. Colchões e travesseiros de primeira linha. TV de LED com canais por assinatura, frigobar, ar condicionado, varanda e banheiro.

Camas

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Crise pessoal e crise espiritual


Vivemos num país que atravessa uma grave crise financeira, moral e ética.
A todo momento ouvimos notícias de alta de preços, alta de juros, desvios de verbas públicas, denúncias de corrupção, operações da polícia federal, violência desenfreada e por aí vai.
Qualquer um que assiste aos telejornais se mostra boquiaberto com tanta notícia ruim. Tudo parece caminhar para um abismo.
Mas e se eu te disser que essas não são as piores crises que estamos enfrentando? 
Existem duas crises que os noticiários não mostram.
A primeira é a Crise Pessoal.
É aquele sentimento de impotência, de angústia, de não saber se o que fazemos é certo, de não sentir que somos valorizados, de enxergar em nós mais defeitos do que qualidades. São aqueles questionamentos constantes que nos impedem de nos aceitarmos, de nos sentirmos especiais, de saber qual é o nosso papel no mundo. 
É olhar para si mesmo e não saber quem você é, quem se tornou, nem quem poderia ser.
Essa crise rouba a nossa alegria, o nosso ânimo, a nossa esperança.
Nos sentimos diminuídos e dispensáveis, questionamos o que estamos fazendo aqui e se realmente nossa existência é necessária.